Nutrição

Introdução: Primeira Colaboradora & Rótulos

By  | 

Olá amores,

Estava MEGA ansiosa para compartilhar esta NOVIDADE para vocês! É com muito orgulho que apresento para vocês a primeira colaboradora do Tal mãe, tal filha Mariana Talhate! Conheci a Mari em fevereiro através da indicação da Rafaela Paz (Studio 75). Estava a procura de um profissional da área de nutrição e desde então estou cada dia mais apaixonada pelo trabalho dela. Bem, vou deixar a Mari falar que ela irá tratar de um assunto que gera muitas dúvidas no nosso dia a dia! :)

Bom dia meninas!

Amei o convite para o Blog Tal Mãe Tal Filha! Acho que vai ser uma ótima oportunidade de falar um pouquinho do que amominha profissão! Espero poder passar dicas que fazem toda diferença para melhorar a rotina alimentar de vocês!

Queria agradecer a oportunidade a Gabi e Enídia, que foram umas fofas quando me fizeram o convite, fazendo-me sentir realmente mais ainda realizada profissionalmente.

 

Foto 01

Bom, mas vamos para o que interessa (rs). Escolhi como primeiro tema RÓTULOS! Pensei nesse tema porque vejo, na rotina do consultório, que muitos pacientes acreditam comprar produtos “saudáveis” só por terem no rótulo escrito light ou diet, mas isso não é verdade! Muitos produtos lights têm muito mais calorias, gorduras, açúcares ou outras coisitas mais do que o produto convencional! Isso porque a nomenclatura light significa que aquele produto tem 25% menos de algo, mas esse algo nem sempre é caloria, pode ser 25% menos açúcar (mas para tentar não prejudicar o sabor do produto a indústria aumenta muita a gordura, por exemplo, o que o torna muito mais calórico) ou 25% menos açúcares, mas cheio de sódio! Entenderam? Coloquei dois exemplos só para vocês verem. No primeiro, o produto light é mais calórico, tem mais gorduras totais (destacando as gorduras trans) e mais sódio que o convencional!

10488882_10152446324451620_125028081_n

No segundo exemplo o produto diet até é um pouco menos calórico (insignificante para mim aliás), mas tem mais gorduras totais e sódio!

10456326_10152446324566620_1903759088_n

Ou seja, nem sempre o que é light e diet é mais saudável, depende do que você procura: menos açúcares pois é diabético, menos caloria, para ocntrolar o peso, menos sódio pois é hipertenso?  Na minha opinião, esses produtos são mais interessantes para algumas pessoas que precisam restringir sua ingestão específica de determinado ingrediente, como diabéticos por exemplo, aí sim se beneficiariam da diminuição ou isenção de açúcar de um produto, mesmo ele tendo mais gordura, pois pelo menos eles poderiam consumi-lo. Entendido?

FOTO 04

Uma dica bacana que ajuda muito também é olhar a lista de ingredientes do produto. Os ingredientes sempre aparecem em ordem decrescente, ou seja, do que tem em maior quantidade para o que tem menor: o primeiro ingrediente da lista é o que tem mais no produto e o último é o que tem menos. Nesse exemplo, o ingrediente em maior quantidade é açúcar e o menor aromatizante.

10270182_10152446324416620_902989026_n

Pensando pela linha de nutrição funcional (a que eu trabalho), a regra que rege, de uma forma geral, é: quanto mais natural melhor, ou seja, cuidado com industrializados e todos os seus conservantes, corantes, acidulantes, realçadores de sabor… enfim, muitas e muitas substâncias que são usadas para conservar e aumentar a palatabilidade (sabor) do produto e que podem alterar as mais diversas funções do organismo, levando a doenças (além de ganho de peso).

Foto 05

Sempre que puderem, prefiram alimentos ao invés de produtos, e nutrientes no lugar de substâncias químicas. Dieta mais natural já!

Enfim… cuidado para não julgarem o livro pela capa, ops, o alimento só pelo rótulo. Rs

 

#ficadica

Mariana Talhate

Nutricionista, graduada pela Universidade Federal do Espírito Santo, nascida em Vitória, mudou-se para Cachoeiro no ano de 2000. Em 2007 ingressou na Universidade, o que a fez mudar-se para Alegre, onde morou em uma república junto as melhores amigas, o que rendeu muitas vivencias inesquecíveis. Trabalha atualmente em seu consultório, aplicando os conceitos da nutrição funcional e esportiva para cuidar de seus pacientes. Ama sua profissão, adora a família e o namorado (e todos os momentos juntos), e, acima de tudo, acredita que a vida está completamente nas mãos de Deus, e que é exatamente nesse lugar que ela deve estar.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *